viernes, 31 de julio de 2009

Siga a Rádio ONU no Twitter‏

30/07/2009
Usuários da emissora, com sede em Nova York, poderão checar todas as notícias em tempo real; outras agências das Nações Unidas também participam de sites de relacionamento social.

Twitter
Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.
A Rádio ONU em Português, anunciou nesta sexta-feira, sua presença no Twitter. O objetivo é oferecer aos usuários da emissora mais uma plataforma de acesso ao conteúdo de texto e áudio produzido pela redação localizada na sede das Nações Unidas em Nova York.
O envio de notícias é feito em formas de alertas com manchetes sobre o assunto tratado e um link para que os internautas possam clicar no que interessar.
Material
A chefe da Rádio ONU em Português, Mônica Villela Grayley, explica como a operação está funcionando.
"Nós fazemos o envio, ou na linguagem do Twitter, "os tweets", ao mesmo tempo que mandamos para os nossos parceiros, os alertas de notícias, programas e de todo o material que produzimos aqui em Nova York. A única diferença é que no Twitter, não fazemos a distinção clara entre português para África e Brasil, o que ocorre na nossa página original.
Dados
É uma plataforma bastante instantânea e eu acredito que nos ajudará muito também nos mercados de língua portuguesa na África, onde a presença do celular é muito forte", afirma.
Segundo analistas, o crescimento do Twitter é um dos mais rápidos em sites de relacionamento na internet.
Dados não confirmados indicam que os usuários podem já ter superado 10 milhões de pessoas em todo o mundo.
A forma de comunicação também é mais sucinta. Cada tweet só pode ter 140 palavras. A presença da Rádio ONU em Português ao Twitter ocorre após várias agências da ONU terem aderido a outros sites como Facebook, My Space e YouTube.
Para acessar a Rádio ONU no twitter, basta digitar http://twitter.com/RadioONU

Fuerte: United Nations Multimedia
http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/166708.html
via Yimber Gaviria, Noticias de la Radio

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada